Evento Social Pirapitingui

Pirapitingui: história de um exílio

Você já conhece a história desse local “exilado” que fica entre Itu e Sorocaba e já foi um dos maiores leprosários do Brasil?!

Pirapitingui carrega uma antiga história de um passado marcado pela dor e sofrimento de muitas pessoas. Em 1926,  quando a lepra ainda era uma doença altamente contagiosa e sem cura, foi construída então essa cidade, afastada de tudo, para essas pessoas morarem.

Foi determinada a lei Compulsória, que caçava literalmente as pessoas que não se apresentassem espontaneamente para o confinamento em um lugar como esse. Para não se separarem das famílias, as pessoas se escondiam no mato, mas acabavam sendo encontradas e levadas para lá.

Se você entrar no local, vai se sentir em uma cidadezinha antiga das novelas sabe, com casinhas envelhecidas com o tempo, árvores por todo lado, pouco sinal de celular, hospitais, igrejinhas, escolas, etc, tudo em versão mil novecentos e bolinha.

Inicialmente, ninguém queria ir para lá, mas depois de um tempo, eles começaram a criar as vidas e famílias no local, então em 1962 quando houve a revogação da lei “Compulsória”, eles poderiam sair, mas daí, não queriam mais, porque já não tinham mais para onde ir. Hoje a cidadezinha está praticamente abandonada, mas ainda existem algumas pessoas internadas com sequelas da doença, outras que vivem lá e muitas crianças.

O grupo social NABEM , realizou agora, no final de 2017 um evento muito especial que iria até o local, fazer visitas para os moradores, levando alegria e motivação, além de tudo, uma distribuição de presentes de Natal para as crianças. Eu tive esse ano, o prazer de fazer parte desse grupo e ver, como existem pessoas dispostas a fazer o bem e ajudar outras pessoas, como as vezes, muitas pessoas só precisam de alguém para conversar, apoiar e fazer companhia.

Evento social Pirapitingui

Primeiro, nós fomos fazer as distribuições dos presentes para as crianças, brinquedos, roupas, sapatos, livros e doces, com participação de um papai noel super legal. Vocês não tem noção da alegria que eles estavam recebendo. Foi um momento que, eu não sabia bem se estava ajudando alguém ou se estava ME ajudando espiritualmente, porque meu coração estava batendo a mil de alegria e emoção, e eu tive vontade de chorar em receber tanto carinho transmitido pela inocência do sorriso daquelas crianças. Foi especial. ♥ 🎁🎄

 

Depois de lá, fomos visitar algumas casas da região, levar presentes para os pais também, cantar uma música ou simplesmente conversar, vocês nem imaginam a alegria que todos nos receberam e muitos inclusive, choraram. E, para finalizar, fomos ao Hospital Dr. Francisco Ribeiro Arantes, onde visitamos as pessoas que estavam já muito prejudicadas pela doença do passado (só lembrando, essa doença hoje NÃO EXISTE MAIS!) E o mais surpreendente é que mesmo alguns na cama sem poder levantar, alguns mutilados, eles estavam sorrindo, brincando e cantando. Eu amei a experiência, foi muito gratificante e engrandecedor para mim.

evento-social-Pirapitingui

 

O que você achou desse evento? Deixe seu comentário! Se quiser conhecer ou participar, você pode entrar em contato com o Núcleo Assistencial Bezerra de Menezes.

Quer ver outros projetos sociais que eu participei? Conheça todos aqui. 

Beijinhos da Mah

Anúncios

26 comentários sobre “Pirapitingui: história de um exílio

  1. Nossa, Mari! Que máximo essa história… Dá próxima me leva? Haha
    Eu já tinha ouvido falar de lugares assim depois que um amigo me contou a história do livro O Holocausto Brasileiro. Se você não tinha ouvido falar ainda, acho que vai gostar! Aqui em Mogi tivemos uma situação parecida em um hospital que abrigava pessoas com hanseníase. É bem pesado visitar lá

    Curtido por 1 pessoa

  2. Que beleza de história! Tão bom perceber que pessoas se preocupam com o próximo! Já fiz parte de um grupo que adotava crianças nos orfanatos para presentes-Las nos dias festivos. Pode ser um pequeno ato, mas que faz uma grande diferença na vida delas.
    Na verdade mesmo, foi o que você disse, nós que estamos sendo ajudados e receber o sorriso lindo de cada uma delas.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s